Beach Park em Fortaleza: dicas do Eric (6 meses) e dos seus pais.

Posted on 24/11/2010

22



Flávia Lima, a mamãe do Eric, e empreendedora de Moda Praia para Bebês Divertida para Pequenos, leu o nosso post de Fortaleza com crianças e ficou surpresa da família não ter conhecido o Beach Park, em Porto das Dunas, a 16 Km de distância. Como este foi um dos pontos altos da viagem de sua família ao Ceará, ela rapidamente entrou em contato e fez questão de nos contar todos os detalhes deste Parque que eles tanto amaram!

A família passou o dia e adorou:

O Parque como um todo: de frente para uma belíssima praia, com seus 55.000 m2 de area e  18 atrações, que vão das mais radicais, como o Insano, até as mais familiares, para todo mundo se divertir. O Beach Park é hoje o maior e mais bem equipado parque da América Latina!

A Infraestrutura para as crianças: tanto para os bebês, quanto para os crescidinhos, tudo o que precisam fica disponível: fraldário, ao lado do toboágua Najas, e para os maiores, existem banheiros familiares no complexo todo.

A família optou por não levar o carrinho, que não lhes fez falta, mas saibam que é possível alugar lá.

Para almoçar: O Beach Grill tem um grande e variado buffet que inclui papinhas, sucos, enfim, eles não precisaram se preocupar com nada! Além disso, existem outros bares e lanchonetes.

“Na entrada, você compra um cartão magnético com um certo valor em crédito e também o uso de guarda-volumes, assim você pode ficar direto na água sem precisar se preocupar em vigiar seus pertences”. Eles só voltaram no guarda volumes apenas duas vezes, para reaplicar protetor solar no pequeno e fazer uma troca de fraldas. No mais, ficaram com os braços livres e à vontade para circular por todo o parque.

Em função dessa estrutura toda, antes de ir, eles arrumaram a bolsa com os pertences como se fossem passar um dia na praia. Dica: levaram também shorts e camisetas para os adultos com o intuito de usar nos brinquedos mais radicais, assim não corriam o risco de perder o biquíni ou sunga, na hora da descida!

As atrações para os adultos: o casal queria experimentar os brinquedos radicais e a única solução, já que estavam sozinhos, foi o revezamento. E não é chato esperar o parceiro descer dos brinquedos, como talvez possa ser num parque comum, porque aqui, enquanto se espera, é possível ficar na piscina na parte de baixo curtindo com o pimpolho. Assim, todos ficam felizes!

Alguns brinquedos são feitos para se descer em dupla, mas mesmo nestes, sempre tem alguém lá em cima esperando para descer junto. Nas atrações individuais basta a coragem de quem vai encarar, e haja coragem! Para descer o Insano, por exemplo, cuja queda equivale a um prédio de 14 andares, a uma velocidade de 105 km/h, tem que levar uma dose extra de casa! A Flávia desceu dois brinquedos radicais e no Sarcófago, ela se deparou com uma plaquinha dizendo que não era recomendado para lactantes. Portanto, antes de se aventurar, leiam atentamente os cartazes…

Insano

Ramubrinká

As atrações para as crianças pequenas: na época, o Eric tinha apenas seis meses, justamente a idade que os bebês são liberados para ir a praia e piscina, e lá ele estreou com chave de ouro. Mesmo sendo tão novinho ele curtiu bastante alguns brinquedos, como por exemplo: flutuar nas bóias da Correnteza Encantada, brincar na piscina de ondas do Maremoto, com as ondas tranqüilas. Quando elas vão ficar mais fortes, um sinal toca e dá tempo de sair. O Eric também adorou as piscininhas, os brinquedos, os jatos d’água, e a euforia da turma no Acqua Show.  E na área da Arca de Noé, onde a profundidade não ultrapassa 40 cm, ele conseguia ficar sentadinho interagindo com a água. “Certamente numa próxima vez ele aproveitará bem mais, muitos brinquedos são a partir de 1 metro, mas eu considero que para uma criança que só sentava, ele curtiu demais! Na verdade, o passeio era para a família e cada um curtiu um pouco de cada atração, e valeu muitíssimo à pena!”


A família gostou menos:

Como sempre, é difícil fazer este parágrafo e a Flávia não foge da regra! Para eles, “tudo foi perfeito, desde o atendimento na recepção, passando pela higiene dos ambientes, o buffet dos restaurantes, até os brinquedos novos e bóias, tudo em ótimo estado! Tudo excepcional e de primeiro mundo!”

E eles ficaram com pena de ter passado um dia só no Parque! Segundo eles, poderiam ter sido dois dias, teriam aproveitado mais: “tem muito que se ver e fazer por lá. Sugiro para quem esteja com uma janela de uma semana, alternar a ida lá num dia, fazer outros passeios e voltar num outro dia pra fechar, curtir os brinquedos que mais gostaram e ficar sem pressa, naquela vontade de explorar tudo.”

E outra dica que ela dá: na entrada do Parque, eles vendem um saco que permite usar a câmera fotográfica dentro da água. Infelizmente, a Flávia só descobriu isso na saída! Ela teria feito fotos bem mais legais e sem a preocupação de molhar o equipamento! Custa em torno de R$90,00 e segundo ela, vale muito à pena! A Flávia até comprou o acessório, mas ficou para a próxima ida, que ela espera que seja em breve!

Hospedagem: a família não ficou hospedada dentro do complexo, mas sim num resort próximo, o Aquaville Resort, pois eles queriam passar um dia no parque e em seguida, conhecer as maravilhas do local.

Mas caso queiram ficar no complexo, saibam que o Beach Park tem dois hotéis: o Suites Resort e o Acqua Resort e ambos têm Kid’s Club, Copa para bebê e acesso liberado ao Parque!

E Flávia termina afirmando que “além de todo o clima gostoso que o parque tem, eu preciso dizer que o custo dos ingressos, à primeira vista pode parecer caro, mas faz valer todos os momentos divertidos que se pode desfrutar por lá!”

A família com Dona Foca, mascote do Beach Park

Viagem feita em março de 2010: tempo bom, com sol.

Para maiores informações:

Beach Park: http://www.beachpark.com.br/

A partir de dezembro 2010, o Beach Park completa 25 anos e inaugura uma nova atração, o AquaCirco, voltado para as crianças até 12 anos!

Preços: R$ 110,00 / adulto e R$ 100,00 crianças de 1m até 12 anos (com documento comprovando a idade). Se comprarem passaporte de 3 dias ou semanal, o preço fica mais interessante.

O Beach Park também tem parcerias e convênios com várias empresas: funcionários da Nestlé, Ambev ou GOL, por exemplo, têm 50% de desconto! Confiram no site.

Horários: de 11h às 17h e consulte o site para os dias de funcionamento.

Para se hospedar:

Beach Park Suites Resort: http://www.beachpark.com.br/site/pt/resorts/suites-resort.asp

O nosso guru do Turismo, Ricardo Freire, acabou de fazer um post sobre este resort: aqui

Beach Park Acqua Resort: http://www.beachpark.com.br/site/pt/resorts/acqua-resort.asp

E também sobre este resort: aqui

Aquaville Resort: http://www.aquaville.com.br/

Você também pode gostar de ler:

Fortaleza com crianças: https://viajandocompimpolhos.wordpress.com/2010/11/16/fortaleza-com-criancas-dicas-da-stella-4-anos-da-lia-2-anos-e-dos-seus-pais/

Gostou desta viagem? Não esqueça de dar a sua opinião, clicando nas estrelinhas abaixo, para ranqueá-la! 😉

Posted in: Fortaleza