Austrália com crianças: dicas do Nicolas (1 ano e 8 meses) e dos seus pais

Posted on 26/07/2010

24



Sabemos que a Austrália não é um destino comum para ir com crianças, mas se vocês forem viajantes na alma como nós, este país certamente estárá em sua listinha de lugares a serem visitados! Por isso, não pudemos perder a oportunidade de pedir à Lu do Blog Nicolando por aí, que estava morando na Austrália, para nos dar as suas dicas preciosas sobre este destino, antes de partir para o Canadá! Ficam aqui o seu super relato e fotos, e vocês sentirão a diferença de fazer turismo infantil em um país com estrutura! Obrigada Lu!

“Eu e meu marido sempre amamos viajar, assim, não foi por acaso que escolhemos nossa profissão de geólogos. Por causa da profissão trabalhamos e conhecemos diferentes lugares do mundo, incluindo a Austrália, onde nasceu o Nicolas, que hoje tem 20 meses e nos acompanha pelas andanças mundo afora. Nós moramos por quase 2 anos e meio no outback australiano, na província de Western Australia (WA), destino não tão comum dos turistas. Kalgoorlie é uma pequena cidade mineira, a 400km da costa mais próxima, e não tinha lá tantos atrativos para passeios com crianças. Então toda vez que tínhamos uma oportunidade, pegávamos o carro pelas infindáveis e monótonas estradas, mas sempre para um destino diferente. No momento, acabamos de nos mudar para o Canadá, e como não sabíamos quando nesta vida voltaríamos para aquele continente-ilha cheio de cangurus, fizemos uma grande viagem por lá antes de sair. A Austrália é grande demais, por isso, neste post vou me concentrar apenas nos passeios que gostamos de fazer com o Nicolas em Western Australia, Estado que melhor conhecemos.

A Austrália é um lugar fantástico pra se viajar com crianças:

  • O país é super seguro,
  • todas as calçadas têm rampas pra carrinhos de bebê e não têm buracos,
  • há parquinhos com piso emborrachado e área verde quase que em cada esquina,
  • a maioria dos banheiros públicos (principalmente em shoppings e aeroportos) têm trocador (e alguns até microondas!)
  • e é totalmente seguro consumir água da torneira em 95% das cidades do país (melhor evitar se estiver bem no interior).
  • Mas só tem um probleminha: lá não dá pra brincar com o sol de jeito nenhum, já que a camada de ozônio é praticamente inexistente. Então, nunca saiam sem protetor solar!

 A Austrália no geral, oferece basicamente três tipos de destinos:

– praias: todas com estacionamento próximo, mas sem vendedores ambulantes, quiosques com comidas e bebidas ou guarda-sol e cadeiras pra alugar. Quem quiser tem que levar seu próprio “kit-praia”, lanche e água. Na maioria das praias na Austrália costuma ventar bastante, então melhor ir equipado com óculos escuros pra proteger os olhos da areia. (O Nicolas nunca aceitou, mas na Austrália tem ótimos óculos feitos para crianças. Passa aqui para conferir.)

– outback: é aquela paisagem desértica com terra vermelha e vegetação arbustiva (bush) que compõe 90% do país. Há lindos pontos turísticos no outback, mas todos bastante isolados e não muito amigáveis para crianças (principalmente pelo calor e moscas). Quem já assistiu Priscila, a Rainha do Deserto sabe do que estou falando.

– urbano: todos os centros urbanos têm ótima infra-estrutura pra quem viaja com crianças. Em Perth tem até ônibus de graça na área central, os chamados CAT.

***

Pinnacles

Western Australia é o maior Estado da Austrália, correspondendo a um terço do país e com cidades bem espalhadas e isoladas, então é difícil conhecer tudo, já que por terra pode se levar dias e dias, e por avião pode implicar em vários vôos. Mas sem dúvida vale a pena uma visita, já que na nossa opinião é onde você vai encontrar as praias mais bonitas e bem preservadas do país.

No caso de você não ter muito tempo, não deixe de ir a Perth, Capital de WA, com inúmeras atrações pra crianças:

Kings Park: o maior parque de Perth, ótimo para um piquenique e para se conseguir a melhor vista da cidade. Não deixe de levar uma toalha ou canga para sentar na grama e uma bola!

Kings Park com vista sobre Perth

Aqwa: um aquário com direito a túnel transparente por baixo da água pra ver tubarões, tartarugas marinhas gigantes e vários outros peixes. O Nicolas foi com 15 meses de idade e simplesmente amou aquele mundo aquático surreal!

Aquário Aqwa

– Perth Zoo: as principais atrações deste zoológico são os animais tipicamente australianos como coalas, cangurus e dingos. A gente passa dentro da ala dos cangurus e pode chegar pertinho deles. Se você tiver sorte, ou ligar antes pra se informar, pode chegar na hora que os coalas são alimentados, quando eles deixam as pessoas tocá-los. A gente não teve essa sorte e mal conseguimos vê-los, já que estavam tirando uma soneca lá no alto dos eucaliptos. 😦

Cangurus em Perth Zoo

– Adventure World: um grande parque de águas com várias piscinas e tobogãs, aberto somente nos finais de semana entre Setembro e Abril, ou nas férias escolares.

– Scitech: o Museu de Ciências de Perth, uma ótima opção para quando está chovendo e apropriado para crianças de qualquer idade, já que tudo pode ser tocado!

– Tumbulgum Farm: não chegamos a ir, mas ouvimos falar que é bem bacana; trata-se de uma fazenda onde as crianças podem alimentar os animais, tirar leite de vaca e vivenciar um pouco da vida do campo.

– Se o interesse são as praias, as melhores para crianças são Cottesloe e Leighton Beaches, pelas águas rasas e quase sem ondas.

***

A apenas 19km de Perth, Fremantle é uma cidadezinha espetacular, toda em estilo europeu. Cheia de livrarias, galerias, museus, bons restaurantes e cafés. Vale um passeio pela orla e ao forte pra conhecer o Oceano Índico!

Fremantle

Rottnest Island é um passeio ma-ra-vi-lho-so com crianças. Trata-se de uma pequena ilha a apenas 30 minutos de barco (ferry) de Perth, que dá pra ser toda conhecida de bicicleta (são 4,5km no total). Aliás, essa é a principal atividade de quem vai pra lá, pois tem vários pontos de aluguel de bicicleta normal, dupla, tripla, com cadeirinha e até com charrete pequena para puxar as crianças enquanto você pedala. É MUITO bacana! Outra coisa legal é que lá os carros não são autorizados, então é super seguro deixar a criança correndo à vontade. E se quiser, dá para passar a noite também, existem várias pousadas, e ainda aproveitar a agitada vida noturna (isso é, se o pimpolho permitir!).

Rottnest Island

Esperance tem sem dúvida as praias mais populares de WA. São lindas, lindas, lindas, apesar da água ser congelante (estamos falando do Oceano Antártico!). A melhor praia pra levar criança é a Twilight Beach, mas se você puder, também não deixe de visitar o Parque Nacional Cape Le Grand, a 60km de Esperance. São inúmeras praias paradisíacas, onde dá pra levar o carro até a areia e se acomodar para passar o dia!

Esperance

Se vocês quiserem saber sobre mais destinos em WA, fiquem à vontade para visitar meu blog!

E, por último, é bom saber que:

• Para entrar no país, todo mundo passa pela Alfândega, onde eles barram a entrada de qualquer tipo de planta, produtos vegetais, animais, coisas de madeira, comida e bebida. Por isso, nada de trazer colares de sementes ou brincos com penas! Também é necessário declarar qualquer comida para bebê, como fórmula, papinhas, biscoitos (esses eles deixam passar). Para conhecer a lista completa, visite o site do Governo Australiano aqui.

• Uma das coisas mais bacanas na Austrália, especialmente para as famílias viajantes, é a facilidade de se conseguir acomodações com cozinhas equipadas. São os chamados self-contained ou self-serviced apartments, chalets e cabins. Excelente para quem quer total privacidade, mais espaço e não quer passar aperto nos restaurantes todos os dias com o filho pequeno. E em geral, os preços são os mesmos de um quarto de hotel. Mas atenção, se estiver viajando em alta temporada, tem que reservar com antecedência!

• Se você quer economizar bastante, também pode valer a pena alugar uma Camper Van ou Trailer, ou simplesmente levar uma barraca, já que toda cidade na Austrália tem sempre pelo menos uma área de camping com banheiro e chuveiro com água quente.

• Se você pretende se aventurar e alugar um carro para viajar, eles aceitam a habilitação brasileira (não precisa tirar a internacional). E lembre-se que lá eles dirigem na mão inglesa! Uma boa dica é lembrar que o motorista sempre fica na “parte de dentro” da avenida, independente da mão!

• E claro, para atravessar as ruas, lembre-se de olhar sempre para a sua direita primeiro!

• Infelizmente é muito comum encontrar cangurus mortos nas estradas, nem sempre por motivo de imprudência dos motoristas, mas porque eles vivem soltos no “bush” e quando encontram uma estrada, não sabem para onde correr e normalmente vão de encontro aos carros. Por isso, é de vital importância manter-se no limite de velocidade indicado e caso aconteça um atropelamento, pare seu veículo, sinalize com os triângulos e retire o animal da estrada para não colocar em risco os motoristas que vêm atrás.

Táxis sem cadeirinha não aceitam crianças! Algumas vezes chegamos a levar o nosso próprio bebê conforto, mas na maioria das vezes ligávamos para agência de táxi para pedir um carro com cadeirinha. A tarifa é a mesma.

Comida: ao contrário do Brasil, na Austrália, a refeição principal é a janta. Sendo assim, no almoço as únicas coisas que vocês vão encontrar são sanduiches e coisas leves (e raramente saudáveis). Isso foi um grande problema para nós, pois o Nicolas sentia falta de uma comidinha no almoço e dormia por volta das 19h, então raramente jantávamos fora. Por isso, tentávamos sempre cozinhar no dia anterior para levar o pratinho dele congelado, ou então nos virávamos com o fish’n’chips (peixe com fritas), super fácil de encontrar. No caso dele, ele só comia o peixe.

• Os supermercados na Austrália são padronizados. Em todo lugar vai ter pelo menos uma das três redes: Coles, Woolworth, IGA. O bom é que vocês sempre sabem o que vão encontrar.

As estações em WA são basicamente duas: com ou sem chuva. De abril a setembro chove e faz frio (temperaturas entre 0 e 18 graus) e de outubro a março faz calor (temperaturas entre 30 e 46 graus) e tem muitas moscas!

• E por fim, não se esqueça de que para visitar a Austrália, os brasileiros precisam de visto (que demora umas 6 semanas pra sair) e vacina contra a febre amarela (pelo menos 10 dias antes da viagem).”

 

Para maiores informações:

Site do Governo Australiano: www.daff.gov.au

Kings Park: aqui

 Aquário Aqwa: www.aqwa.com.au

 Parque Zóológico Perth Zoo: www.perthzoo.wa.gov.au

Adventure World: www.adventureworld.net.au

 Thubulgum Farm: www.tumbulgumfarm.com.au

 Tarifas e horários de ônibus, trens e balsas (ferries) em Perth: www.transperth.wa.gov.au

Sobre Fremantle: www.countrywide.com.au

Sobre Rottnest Island: www.rottnestisland.com

Sobre Esperance: www.visitesperance.com

 

 

Venha curtir o VP no Facebook: Viajando Com Pimpolhos

Compartilhar dicas no nosso grupo do Facebook de Viagens em Família

e seguir o VP no twitter: @viagempimpolhos

Gostou desta viagem? Não esqueça de dar a sua opinião, clicando nas estrelinhas abaixo, para rankeá-la! 😉

Posted in: Austrália