Paris com crianças II: dicas do João Luiz (2 anos), da Clara (10 meses) e dos seus pais.

Posted on 24/05/2010

54



Ah, Paris, Paris…!

Após as dicas da Mari pelos vários Parques e Jardins de Paris neste post aqui, eis um circuito imperdível para quem descobre a capital pela primeira vez. Márcia e sua família realizaram o sonho de conhecer Paris! Percorreram os monumentos tradicionais, mas têm dicas variadas para que todos aproveitem a viagem!

 

A família ficou 1 semana e adorou:

Ver a Torre Eiffel! Seja qual for a idade dos pimpolhos, mesmo pequenos, eles sempre ficarão impressionados por essa estrutura gigante de ferro! Pode-se subir de elevador (até o 1°, 2° e 3° andar) ou a pé até o 2° andar (aqui, obviamente para os bem maiores, que gostam de aventura e acham que são o “Homem-Aranha”!). De lá de cima, vê-se tudo: um monte de prédios pequenininhos, pontes, Rio Sena…A vista é incrível e tem rede de proteção e lunetas para ver ao longe.

Se estiverem sem carrinho e com crianças um pouco maiores, a dica é descer primeiro na estação de metrô Trocadéro para ter uma vista de frente e de longe da Torre. Após algumas fotos e ver jovens andando de patins, podem atravessar o Sena. Esta é uma boa apresentação do monumento e vocês verão que a admiração e espanto crescem à medida que vão se aproximando…!

A Torre tem uma novidade para os pequenos de 6-10 anos no 1° andar: um circuito feito para conhecer a história da Torre Eiffel e de seu criador, Gustavo Eiffel, desde a sua criação até os dias de hoje. Ver post aqui.

Saibam também que à noite, a Torre pisca todinha durante 10 min., a cada hora. O momento é mágico! Cuidado, pois se for verão, anoitece mais tarde (para lá das 21h)!

João Luiz se divertindo na Torre Eiffel

Passear no Champs de Mars: um jardim gigante que vai do pé da Torre Eiffel até a Escola Militar. Lá, vocês podem passear, brincar na areia, nos balanços, fazer um piquenique (aproveitem para levar um lanche gostoso!), andar de pônei, admirando o célebre monumento!

Fazer um passeio de bateau mouche: logo no pé da Torre Eiffel, atravessem a rua e desçam as escadas até as margens do Sena para encontrar os “Bateaux Parisiens”, os famosos bateaux mouche que fazem um passeio de 1 hora pelas margens do Rio Sena, Patrimônio da UNESCO.

Um passeio gostoso, com explicações em diversas línguas e uma vista diferente de vários monumentos: Louvre, Museu d’Orsay, Notre Dame, fora a emoção de passar por baixo das pontes. A partida e a chegada são no pé da Torre Eiffel, então vai a dica: tentem um horário de partida ao entardecer, para vê-la piscar ao chegar!

E se vocês realmente querem que as crianças mergulhem no francês, toda quarta (de abril a junho) + sábados e domingos às 15h45 (de julho a outubro) acontece o Cruzeiro Encantado, passeio mais destinado às crianças, com 2 personagens à bordo que contam a história de Paris com músicas e anedotas.

Passeio de Bateau-Mouche e margens do Sena

Visitar o Museu d’Orsay: menor que o Louvre e com a parte dos Impressionistas (Van Gogh, Monet, Gaugin…) bem colorida, o que talvez seja mais facilmente perceptível para os pequenos.

Todas as quartas-feiras às 15h, o Museu faz passeios especiais para crianças, de 5-7 anos ou de 8-10 anos.

Para os que não falam francês, os pais podem encontrar o “Carnet Parcours Jeunes” na bilheteria, com um roteiro adaptado e com obras selecionadas para explicar a arte, pintura e escultura para as crianças (acima de 5 anos).

Algumas idéias do Museu para se ter como temas de visita com o público jovem:

Os animais– tanto nas pinturas, como nas esculturas, as crianças devem reconhecer e comparar os animais.

Os alimentos– como os pintores passam a imagem dos alimentos? As crianças devem identificar os alimentos representados.

Retratos, perfis: beleza ideal, caricatura…as crianças devem distinguir as diferentes expressões dos rostos.

 

Brincar de Príncipe e Princesa no Castelo de Versalhes, o Palácio do Rei Sol, Luis XIV!

Programem-se para passar o dia: ao chegar, visitar o Castelo com sua Galeria de Espelhos (as meninas vão adorar!), o quarto do Rei, o da Rainha, o do Príncipe herdeiro…uma viagem na história e em todos os contos de fadas conhecidos!

O Castelo em si nem é tão grande, mas sim, os seus jardins!

Márcia, a Mãe dos Pimpolhos acrescenta: “Versalhes nos emocionou, tamanha a beleza daquele lugar. Ficava imaginando, olhando o João correndo pelos jardins em que Príncipes brincaram um dia…”

Felicidade nos jardins de Versalhes

De Abril a Outubro, aos sábados e domingos ainda acontece o espetáculo “Grandes Eaux Musicales”, com vários chafarizes dançando ao som de músicas, em torno de algumas estátuas. Dois ingredientes que as crianças adoram: água e música!

Vocês podem almoçar em uma das maravilhosas Brasseries que existem nas avenidas do lado do Castelo e depois, se ainda sobrar fôlego, podem dar uma passada no Domaine de Marie Antoinette, os jardins de Maria Antonieta, com sua fazendinha particular, um refúgio para onde ela ia quando queria se manter longe da corte. Trata-se de uma fazenda antiga, em estilo da Normandia, com teto de palha, videiras e todos os bichinhos habituais: carneiros, vacas, porcos, coelhos e um lago cheio de peixes e patos. Muito charmoso!

Fazendinha de Maria Antonieta

E para fechar com chave de ouro, procurar o Mickey no Parque Disneyland Paris: quem já conhece o parque americano verá que este aqui é uma réplica igualzinha ao original (somente menor em tamanho), mas de resto, está tudo lá: a magia, o encontro com todos os personagens, o castelo da Bela Adormecida, a casinha de bonecas “It’s a Small World”, o Space Mountain, a fragata dos Piratas do Caribe e por aí vai…

O Mickey nos dando as boas vindas já na entrada!

Não há como não entrar na dança e se encantar com este mundo mágico que Walt Disney soube tão bem fazer!

Há brinquedos e ambientes para todas as idades: para os pequenos existe o Fantasyland, com Pinóquio, Alice no País das Maravilhas, a Bela Adormecida, Branca de Neve, Dumbo, Peter Pan…

E para os maiores, o Frontierland com ambiente de faroeste com casa assombrada e montanha russa nas minas de ouro, o Adventureland com os Piratas do Caribe e o Discoveryland, mais futurista com a famosa montanha russa Space Mountain, Buzz e Guerra nas Estrelas…um lugar encantador para passar o dia inteiro sem se entediar. Fora que todo o ambiente é mágico, com personagens passeando, várias lojas de lembrancinhas tentadoras, diversos restaurantes. Tudo pode ser encontrado e comprado lá, mas obviamente por preços um pouco mais caros que o habitual. De qualquer forma, sempre vale à pena levar na mochila uma garrafa de água, frutas e uns biscoitos!

Para os pequenos, pode-se alugar carrinhos lá na entrada, logo depois de Main Street Station, só tome cuidado com a hora da devolução porque, obviamente, todo mundo devolve ao mesmo tempo, no final do dia!

De resto, existem áreas para trocar os bebês e dar uma papinha, com lojas que vendem fraldas e potinhos Nestlé, caso tenham esquecido de algo!

Em alguns momentos do dia (mas deixe para o final, para acabar “em beauté”), tem a famosa “Parade”, desfile na rua principal do Parque, com todos os personagens que acenam com a mão, ao som de música ambiente, que nos faz sair cantarolando “it’s a small world after all…”. Um dia de sonhos que os seus Pimpolhos dificilmente irão esquecer!

No caso do João Luiz e da Clara, a família gostou tanto que voltou lá no dia seguinte!

Voando com Mamãe no Dumbo

E se vocês realmente não tiveram tempo de passar por lá (porque é afastado e fora de Paris, em Marne-la-Valée, mas, diga-se de passagem, de acesso fácil e direto!), ainda têm a oportunidade de dar um pulo na loja Disney (de 2 andares!) nos Champs-Elysées para comprar um boneco, uma camiseta, um boné, uma caneca e sair com um gostinho desse mundo encantado.

Para visitar tudo, a família usou dois carrinhos levados do Brasil. Eles chegaram a comprar um carrinho largo de gêmeos na França, mas entenderam que os individuais funcionavam melhor para sair em restaurantes, por exemplo, por causa da largura do outro.

Para se alimentar, a família experimentou vários pequenos restaurantes e em geral, foram sempre bem acolhidos e acomodados. As crianças comiam as comidas dos adultos, carne, legumes, o pão que é uma delícia, queijos…o feijão é que fez falta, pois não tem lá! De resto, a Márcia levou leite em pó do Brasil e Mucilon, e complementava as refeições das crianças com mamadeiras.

 

A família gostou menos:

Paris é uma cidade feita para crianças, com todos esses parques ao ar livre, parquinhos de chão emborrachado, uma estrutura de transportes maravilhosa, mas se realmente tiver que se queixar de algo, que seja da falta de elevadores no metrô! Apesar de super prático e ter estações para todos os cantos da cidade, elas dificilmente têm elevadores, o que dificulta um pouco com os carrinhos…

E para acabar, aqui vão as palavras da Márcia que são muito expressivas sobre esta aventura: “Meu sonho era conhecer Paris e com as crianças foi fantástico! Eu imaginava conhecer Paris com meu marido, só nós dois, imagina!! Mas não tivemos coragem de deixar as crianças aqui e no final, fiz a viajem mais romântica da minha vida com meus filhos a bordo!”

 

Viagem feita em Outubro de 2009: Outono, céu azul, árvores com folhas alaranjadas e temperaturas já bem mais amenas. Vale a pena levar casacos de malha e um casacão. 

 

Para maiores informações:

Site da Torre Eiffel (em português): www.tour-eiffel.fr/teiffel/multi/pg.html

Site dos Bateaux Parisiens, (em português): www.bateauxparisiens.com/index.cfm/rubrique/lid/5/rid/1994/

Criança – de 3 anos não paga, de 3-12 anos, paga 5€. Os adultos pagam 11€.

Museu d’Orsay: www.musee-orsay.fr/fr/visites/bienvenue.html

Gratuito para os – de 18 anos!

Cuidado: em geral todos os museus ficam fechados às segundas-feiras. Em contrapartida, abrem até mais tarde às quintas-feiras.

Castelo de Versalhes (em inglês): en.chateauversailles.fr/homepage

Gratuito para os – de 18 anos.

Para a Fazenda de Maria Antonieta (le Hameau de la Reine), paga-se uma entrada à parte, mas com tarifa reduzida a partir das 16h00: 6€, em vez de 10€. Para ir para lá (fica afastado, atrás do Castelo), pegar o trenzinho do Castelo ou se estiverem com crianças maiores, aproveitem para alugar bicicletas!

Trenzinho de Versalhes: www.train-versailles.com  Fiquem atentos ao horário do último trem!

Para ir até Versalhes, uma das opções é pegar um trem em Paris, na Gare Saint Lazare, direção Versailles Rive Droite (ponto final), ou então, o RER C, direção Versailles Rive-Gauche, e se quiserem ir de ônibus, do ponto final de metrô, estação Pont de Sèvres, vocês podem pegar o ônibus 171 e descer em Versailles-Place d’Armes.

Atenção!: O Castelo fica FORA de Paris, não é a “Porte de Versailles”, estação de metrô que fica ao sul da cidade.

Parques Disneyland Paris e Walt Disney Studios (em inglês): international.disneylandparis.com/index.xhtml

Para ir, pegar o RER A e descer praticamente no ponto final “Marne-la-Vallée/Chessy”. A estação fica bem na entrada do Parque!

Os preços das entradas variam por promoções e datas, mas vai a DICA: assim que chegarem em Paris, passem nas lojas Fnac e Virgin (ambas estão nos Champs Elysées), e comprem os bilhetes “Francilien” até 5 dias antes da data da visita por 29€ (em vez de 45€ por criança, de 3 a 11 anos, e 53€ por adulto para 1 parque – de qualquer forma, é difícil ver os dois em um só dia! Ainda mais com crianças)! Atualmente, essa promoção é válida até 30 de Junho e, realmente, Julho e Agosto são meses de férias na Europa, mas depois disso, informem-se, porque pode ser que a promoção tenha voltado!

Senão, o Parque tem, atualmente, outra bela promoção até 8 de Novembro de 2010: se ficarem em algum hotel (temático!) do Parque, as crianças com menos de 7 anos tem a estadia gratuita e não pagam entrada.

Outras leituras que valem à pena:

para os pais- “Guia Paris com crianças” de Anna Chaia

e para preparar os Pimpolhos e fazê-los entrar no clima, vale a pena rever “Aristogatas”, “Ratatouille” e o ” O Corcunda de Notre Dame“!

Algumas histórias que acontecem em Paris

 

Venha curtir o VP no Facebook: Viajando Com Pimpolhos

Compartilhar dicas no nosso grupo do Facebook de Viagens em Família

e seguir o VP no twitter: @viagempimpolhos

Gostou desta viagem? Não esqueça de dar a sua opinião, clicando nas estrelinhas abaixo para ranqueá-la! 😉

Anúncios
Posted in: França, Paris